terça-feira, 1 de outubro de 2013

P377: A PEDIDO DE UM CAMARADA...


8 comentários:

joaquim disse...

Boa Miguel, sempre em cima do acontecimento!

E claro foi rápida a mudança da placa.

O camarigo Presidente da Câmara estava lá mesmo ao lado ... eheheh

Zé Belo, cá te esperamos!!!

Abraços

Joseph Belo disse...

Vai o único Lusitano-Lapäo lá fora mugir as suas renas (o que por aqui tem o que se lhe diga devido à escuridäo que torna muito difícil distinguir... machos de fêmeas... com as gravíssimas CONSEQUÊNCIAS inerentes!)e,ao voltar à com-puta-gem,salvo seja,encontra a fotografia dos "velhinhos da Guiné" já sem a agoirenta farmácia a pairar sobre as täo vetustas meias(?)calvas.
BEM HAJA SENHOR EDITOR pelo "bis dat,qui cito dat".
OK!OK!...para aqueles que por aí näo usam latinorium -jurídico nas conversas com renas
quer dizer mais ou menos:Duas vezes dá quem dá depressa.
(Infelizmente,esta täo significativa locucäo latina foi apropriada laboralmente pela histórica Micas da Travessa do Invertido de um já saudoso Bairro Alto Lisboeta).
E,aquele abraco a todos os centristas.

Anónimo disse...

Até por aqui já vai aparecendo política...
Um qualquer amigalhaço pede o desaparecimento de uma pacata placa e logo o pessoal do partido, apressadamente e pela calada da noite, destrói um símbolo da ciência farmacêutica.
Em breve vos irei visitar a essa Tabanca do Centro, para lavrar o meu protesto, mas deixem-me só apresentar:
Sou o Professor Doutor Zebedeu. com mestrado em práticas farmacêuticas e doutoramento em teorias propedêuticas, com consultório aberto todos os dias, em Buarkos, entregue aos meus dilectos colaboradores drs. Messias, Tobias, Zacarias, Elias, Golias, Matias e Jeremias, todos ele naturais de Caxias já que Sua Excelência, que é assim que eu sou tratado junto da distinta clientela, percorre diariamente todo o país para colocar as suas extraordinárias aptidões e o seu enorme talento, ao serviço da peste grisalha, sobretudo da peste que esteve na Guiné, e cujo labor tem como lema:

Combatente,tu chamaste
O Professor Zebedeu?
Faz então a transferência
Que não tarda, aí estou eu!

E o professor Zebedeu aparece no seu avião supersónico conduzido por distinto piloto, daqueles que não saltam com medo de foguetes, pois o nosso piloto está habituado a constante foguetório na sua terra natal quando Buarkos recebia , nas suas ruas sempre engalanadas, a visita do dr. Quim Barreiros, da dra. Ágata ou da distinta Professora Florbela Queirós, actriz e cartomante, que em tempos idos eram colaboracionistas da extinta FRELIBU. Até mais ver e vai uma consultinha, ó meu?
Professor Doutor ZEBEDEU Sapucaia Pentélico .

manuel maia disse...

T.SHIRT,

JÁ COM T.SHIRT FAMOSA
DESSA TABANCA DO CENTRO,
NEGRA DA COR DA BRIOSA,
PUS O MEU CORPO LÁ DENTRO...

ACHEI-A AVANTAJADA
PENSANDO PARA COMIGO,
MAS A TENDÊNCIA DANADA
É DE ENGORDA,AQUI VOS DIGO...

SOU DOS QUE GOSTA DA MESA
E COM ELA TRAVO LUTA,
NÃO DESISTO DE CERTEZA,
SE UM BOM PITÉU ESTÁ EM DISPUTA...

QUEM NÃO GOSTA DUM PETISCO
COM PINGA DESSA DE ESTALO ?
UM SABOROSO MARISCO,
BRANCO GELADO,UM REGALO...

ROBALO À LINHA PESCADO,
BEM FRESCA SALADA MISTA,
UM VIDIGUEIRA GELADO,
EM MESA QUE ALEGRA A VISTA...

UM SIMPLES FRANGO GRELHADO,
COM TINTO BOM A GRANEL,
UM BOM COELHO ESTUFADO,
CAÇADO LÁ POR SOUSEL...

UM COZIDO À PORTUGUESA,
DE RICO E FINO SABOR,
DE ENTRE TANTOS,CONCERTEZA,
O VOSSO É MESMO O MELHOR...


ASSIM SENDO ESTE XXL AVANTAJADO ESTÁ AQUI ESTÁ A SERVIR COMO UMA LUVA...









Jaquim da burra disse...

Ao Lusitano-Lapão
Que anda a mugir as renas
Vê lá se na escuridão
Não lhes muges as duas pernas.

Ao Lusitano- Lapão
Um abraço é devido
Apanha um avião
E vem comer o cozido.

Jaquim da burra disse...



Ó professor Zebedeu
Para quê tanta falácia,
Tu queres é ganhar o teu
À conta de cada farmácia.

Com tanto nome e apelido
Mais parece um dicionário
O homem está “estrelido”
Parece um anedotário.

De avião supersónico
Não querias mais nada, ó meu
És um mentiroso crónico
Cala-te lá, ó pigmeu!

Jaquim da burra disse...



Tem paciência Manel
A culpa foi toda minha
Põe à cinta um cordel
Ficas com uma camisinha.

Pois era para ser só XL
Esse era o tamanho devido
Tem paciência Manel
Usa-a como um vestido!

Anónimo disse...

Dá gosto ver e ler os comentários destes camarigos. Continua a reinar a boa disposição e a amizade entre todos. Como sempre uma boa reportagem. "Como ordens não se discutem!..", lá foi à vida a placa da identificação da Farmácia, bom e rápido trabalho,
Não vou aparecer este mês. A máquina anda em revisão. Um abraço. Mª Arminda